<BODY> philipinas

quinta-feira, março 23


COITADA DA ELLEN GRACIE

Esqueça Liza Minelli. A nova vítima que nos dá vergonha alheia é a presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie. Calma. Ela não tem culpa. Mas os senadores que votaram em favor dela para presidir o Conselho Nacional de Justiça...

A falta de noção foi grande. Quem conta é a reportagem do jornal O Globo de hoje, que disse que o senador Wellington Salgado (PMDB-MG), ao votar, destacou a competência jurídica da ministra, mas disse que também leva em conta "a beleza e o charme" de Ellen Gracie. "Assim, voto com muito prazer", disse o peemedebista.

A coisa piora. Na hora do voto do senador Magno Malta (PL-ES), ele chegou a lamentar não ter se formado em advocacia. Disse que fez três vestibulares, mas não passou em nenhum deles.

Já o senador João Batista Motta (PSDB-ES) preferiu falar do preconceito contra a mulher. E citou Xuxa que, segundo ele, foi casada com Pelé. "Desde que Pelé foi esposo de Xuxa todos têm preconceito no Brasil. Existe preconceito no Brasil", afirmou.

Mas, de todos eles, não há um que ganhe do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que comentou ao votar:

— Como ginecologista, aprendi a lidar de perto com as mulheres, a entender muito profundamente a sensibilidade feminina.

Vou te contar... É muito esculacho nessa vida.