<BODY> philipinas

domingo, fevereiro 19


DEPOIS DE MICK JAGGER, BONO

O show do U2 acontece amanhã, em São Paulo, e o irlandês já chegou todo prosa no Brasil.

Com fama de bom samaritano, Bono era praticamente um político em época de eleição. No aeroporto, distribuiu beijinhos, falou com os jornalistas, agarrou as fãs e pagou mico no Fantástico. Hoje, ao chegar na Granja do Torto para almoçar e bater papo com Lula, os fãs da banda fizeram alvoroço. Alguns histéricos carregavam cartazes que pediam "Bono para presidente da ONU".

Ainda em ritmo de campanha eleitoral, o cantor irlandês elogiou a América Latina, o Brasil, disse que Lula surgiu no mundo como uma grande novidade e prometeu doar a sua guitarra para o programa Fome Zero.

Depois do Brasil, o U2 vai para o Chile e Bono pretende continuar com as visitas políticas. Lá, se reunirá com o presidente Ricardo Lagos e sua sucessora, Michelle Bachelet.

Não podemos negar a vocação de Bono para a política. Mala ele já é.