<BODY> philipinas

segunda-feira, dezembro 19


SR. RESOLVE TUDO

A consulta era caríssima. Mais de 500 reais por cinco minutos de conversa. O resultado, ninguém contestava. Dr. Kirks tinha a solução imediata para tudo. As dúvidas que tiravam o sono das pessoas acabavam ali, naquela sala luxuosa do Alto Leblon.

Na segunda-feira de manhã, Fátima entrou na sala cabisbaixa. Estava tímida para falar sobre o seu problema. Mas só tinha cinco minutos. Foi direto ao assunto:

- Eu tô gorda. Não aguento mais perder calças, nada me serve, minha barriga é horrorosa, eu só consigo transar no escuro de tanta vergonha, não ponho biquini para ir à praia... Não sei mais o que eu faço, doutor.
- Dieta?
- Ai, doutor, mas é difícil. Eu acabo saindo da dieta, como mais ainda e engordo mais.
- Então você prefere comer a ficar magra. Não tem jeito. Próximo!
- Não! Peraí! Como assim? Eu quero uma solução. Tô pagando caro!
- Você não quer ficar magra. Acabou de dizer que acaba comendo.
- Não! Eu prefiro ser magra. Eu quero ser magra, doutor. Eu quero. Eu quero muito!
- Ok. Dieta e duas horas de caminhada todos os dias. Faça chuva ou faça sol. Próximo!
- Só isso?
- Próximo! - gritava Kirks.

Os seguranças ficavam na porta do consultório. Se algum paciente insistisse em não ir embora, era levado pelos braços. Mas nunca era preciso. Kirks não levava mais que cinco minutos. Dona Dora, por exemplo, foi o seu tempo recorde.

- Eu tenho câncer. Acho que vou morrer.
- Que pena, minha amiga. O que eu posso fazer por você?
- Nada. Só vim aqui para desabafar...
- Veio ao médico errado. Eu sou o Sr. Resolve Tudo. Próximo!