<BODY> philipinas

quarta-feira, junho 29


UM ESPETÁCULO!

Já começou a contagem regressiva. Pelo menos dos felizardos que moram em lugares "importantes" no mundo.


Acontece neste sábado os inúmeros megashows do Live8, festival de música que pretende make poverty history" (fazer da pobreza coisa do passado). Os shows acontecem, simultaneamente, em nove países.

Na Grã-Bretanha já estão confirmadas as performances de Madonna, Annie Lennox, Coldplay, Dido, Elton John, Joss Stone, The Killers, Mariah Carey, Paul McCartney, Pink Floyd, REM, Robbie Williams, Scissor Sisters, Stereophonics, Sting, Travis etc.

Nos EUA já tem Bon Jovi, Dave Matthews Band, Destiny's Child, Jay-Z, Linkin Park, Maroon 5, Sarah McLachlan, Stevie Wonder e outros.

Na França, uma galera mais roqueira é quem toca por lá: The Cure, Muse, Placebo, Shakira, Sheryl Crow e Youssou N'Dour. No Japão, a atração principal é a Bjork. No Canadá, o Bryan Adams (ha!).

O festival vai ser transmitido pela MTV americana, pelo canal VH1, por todos os canais da BBC e por diversas outras emissoras que disputaram no tapa os direitos de exibição. O Live8 pode até ser um fracasso, mas já entra para a história como o festival de música de maior audiência de todos os tempos.

Se alguém no Brasil se interessou em transmitir? Lhufas!

Quem quiser ver por aqui, vai ter que se contentar com a transmissão via internet. Ou então esperar o DVD chegar nas lojas. Pobreza aqui não é history.