<BODY> philipinas

quinta-feira, junho 2


O NETO DO GARGANTA

Ninguém pode negar o tom sexual que ronda a notícia sobre o caso Watergate.

Após revelada a identidade do "Garganta Profunda", que fofocava todas as corrupções do governo Nixon para o Washington Post, a história sobre o filme pornô (de mesmo nome) foi relembrada por toda a imprensa mundial. No filme exibido em 1972, a personagem principal só atingia o orgasmo com penetração oral, já que possuía o clitóris na garganta.

Então, convenhamos, não há nada de sexual na descoberta feita pelo Washington Post que possa ser comparado ao filme. Afinal, a garganta profunda não pode ser Mark Felt, um senhor de 91 anos, ex-chefe do FBI. É meio contraditório, concordam? É como apelidar Dercy Gonçalves de Dama do Lotação.

Mas o pessoal (pelo menos da internet) anda se esforçando na recuperação da eroticidade (se esta palavra não existe, acabei de inventar) do caso.

O Andy, do towleroad, assistia ao noticiário da CNN sobre a história de Watergate quando notou a presença do neto de Mark Felt, Nick Jones, que abriu a porta sem a camisa.

O blogueiro comenta: "É bom saber que o Sr. Felt, em sigilo por todo esse tempo, esteve contribuindo generosamente para a cadeia genética".

Que sigam as piadas sobre a garganta profunda...