<BODY> philipinas

quarta-feira, junho 1


CASAL WHITE VISITA A AMAZÔNIA

Os White Stripes já chegaram em Manaus. A cidade é a primeira a receber o show do CD "Get behind me Satan", que a dupla traz para o Brasil.

Tocar no Teatro Amazonas sempre foi um sonho do guitarrista Jack White. Ele conta para O Globo: "Nas turnês anteriores, nunca perguntaram onde nós gostaríamos de ir. Desta vez, quisemos escolher. Por isso tocaremos em lugares como o Teatro Amazonas, que nós já tínhamos ouvido falar muito."

A banda chega no Rio de Janeiro e se apresenta sexta-feira no Claro Hal. E sábado vão para sampa, fazendo show no Credicard Hall.

Mas os White Stripes já estiveram em solo brasileiro, se apresentando em uma das edições do Tim Festival. A Isabela, do Bolsa Amarela, foi conferir o show e contou que esperava algo mais grandioso. "A bateria da Meg White deixa muito a desejar, mas a guitarra do Jack é sensacional", disse.


Mas o que Isabela não gostou muito foi o que eu sempre adorei na banda: a bateria (e a figura) de Meg White.

O jeito tedioso que ela bate nos tambores e pratos, com cara de desdém, virando o pescoço como se estivesse caindo de sono dá o tom exato do papel que a bateria exerce na música do casal. É uma batida básica que, repetida exaustivamente, faz a base perfeita para as firulas da guitarra de Jack White.

O visual original da banda, então, fica como bônus. Aquele branco e vermelho é tão cheio de personalidade quanto o verde e rosa da Mangueira. E com esta comparação idiota eu estrago o final do texto.