<BODY> philipinas

quinta-feira, janeiro 13


AGORA ELE VAI!

Podem chamar o presidente de bêbado, incapaz de governar o país, podem falar que o Rio é a cidade da cocaína, a mais violenta do mundo, podem falar o que quiserem, mas chamar a gente de gordo não.

Limite! A última de Larry Rother, correspondente do NYT, é essa: "Epidemia de obesidade muda perfil de brasileiros: Símbolo do país, Garota de Ipanema, agora, seria gorda sedentária".


- Oi, Seu Larry, dá licença? É que esse é o calçadão de Copacabana...

O jornalista explica: "Os brasileiros têm, por exemplo, uma pronunciada paixão por doces, talvez natural em um país que é o maior produtor de açúcar. As pessoas rotineiramente colocam açúcar em frutas naturalmente doces, como abacaxi e mamão..."

Lula, manda embora!