<BODY> philipinas: Novembro 2004

terça-feira, novembro 30


DESTRÓI SIM!

Ouvi a música pela primeira em um set do 2ManyDjs (download aqui). Bateu! Fiquei ereto. Queria ela pra mim. Mas não sabia o nome. Ants resolveu meu problema em dois segundos e lá fui eu pro soulseek.

Ao procurar pelo mp3 de Drop the pressure vi que a faixa era do álbum Destroy Rock & Roll, do Mylo. Legal. A proposta de destruição ganhou minha simpatia. Baixei o disco inteiro. E, olha, foguenta, é euromusic de primeira.


- básico!

O som do DJ escocês Mylo lembra muito o ambient feito pelos franceses do Air em Moon Safari. O álbum abre com a bonita Valley Of The Dolls, traz o funk de Prince em Guilty of Love e brinca com os olhos de Bette Davis (aquela música cafona da Kim Carnes) na faixa In my Arms. Melhor que isso, só a versão extended do hit Drop the pressure.

Assim... O que é Röyksopp mesmo?

* Pra quem reclama que no Rio não tem programa cultural legal: CurtaCinema. Lá no Odeon. Mais de 350 curtas de 52 países. Começa na quinta-feira.

VEM TROCAR MEU ÓLEO. E quem disse que garotas em cadeiras de roda não podem ser sexy? Não só podem, como também lucram com isso. Em All Sexy Wheelchair Girls, elas vendem seus vídeos safadinhos com aventuras lésbicas e outras travessuras.

INAUGURARAM. A árvore de Natal da Lagoa já está lá, linda e iluminada. E eu fico preocupado só com uma coisa: se a capivara da Cora está gostando de todo aquele movimento (o duplo sentido fica ao gosto do freguês).

CRISE? Caetano Veloso e Paula Lavigne? No lançamento da trilha sonora do novo filme de Jorge Furtado, Meu tio matou um cara, Caetano fez "a-que-não-sei". "Estou aqui para falar do filme. Nem li essa nota. Vocês acham que eu leio nota?"

Tá. Se ele não lê, a Paulinha lê. E reconheceu várias crises. "O Brasil está em crise, a MPB está em crise, tudo está em crise... Um casal não pode ter uma crise? Casal que não tem crise não é casal", disse. Não é verdade, minha gente? Se até meu gato tem crise com as bolas de pêlo que ele engole...

XOXADA. Ninguém gostou do Alexandre. O NYT achou infantil, com trama confusa e desempenhos chocantes. A revista Variety falou que o épico tem "assuntos geopolíticos e pessoais complicados, que não interessam à maioria do público". A RollingStone brincou: "Como é Alexandre? Não é grande".

O único que gostou, até então, foi o romancista Gore Vidal: "Os filmes são os últimos a registrar as mudanças na sociedade e esse filme faz isso." Eu digo: só Jesus!

TERROR. A Condi não é uma graça? Até o Bush gosta dela...


- Dá cá um beijo na sua nega, dá!

segunda-feira, novembro 29


DUAS FOTOS DE DOIS FAVORITOS


Annie Lennox no lançamento do livro 46664, do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, em Londres...



E Robert Downey Jr no lançamento de seu disco, “The Futurist”. O CD do ator (cantor, né?) tem oito baladas de sua autoria e dois covers: “Smile”, de Charlie Chaplin e “Your Move”, do Yes.

Dizem que o cara toca piano direitinho. Mas, se é bom o álbum? Não ouvi ainda, nega.

domingo, novembro 28


- Você é bem metido, hein? Sempre de nariz em pé...
- É pra evitar a inalação dessa fumaça de cigarro que vocês fazem aí embaixo.
- Viu? Aqui embaixo... Você acha que está em algum pedestal? Acima do bem e do mal?
- Não é isso. É que sou alto e você baixinho demais. Tô acima da sujeira. Só isso.
- Olha, não vem com esse papo de limpo anti-tabagista, não. Tu se afoga em fritura, pizza, sanduíche, Mc Donalds e vem me falar de saúde.
- OK. O que você quer de mim?
- Não sei... Acho que, no fundo, eu queria ser você.
- Não. Você não sabe como é chato ser eu. Não gosto de fumaça de cigarro. Deixo até de me divertir por isso.
- Deve ser um saco, hein?
- É sim...
- Me beija?
- Claro que não! Mó bafo de nicotina...

sexta-feira, novembro 26


Tá olhando o quê? Não vou postar hoje.
Pirraça.

quinta-feira, novembro 25


VERÃO ATOLADINHO

A música pode ser velha para os funkeiros antenados da cidade, mas é o novo hit do verão para os que descobrem tardiamente as "saliências musicais" do Rio de Janeiro. Tá tocando em tudo quanto é canto. Tá na boca das meninas, nos bailes e nos carros dos "playboy".

No funk "Atoladinha", o Bola de Fogo (que porra de nome é esse?) ataca a foguenta novamente. Desta vez, convidando a tchutchuca pra dar um rolé na praia da Barra. "Já é!".

Faz o download do mp3 aqui e acompanha com a letra abaixo. Boa sorte.


Atoladinha: "Vai me enterrar na areia?"

Bola de Fogo - Atoladinha

- Alô!
- Coé, foguenta?
- Quem tá falando?
- Sou eu, bola de fogo. E aí? Tá de bobeira hoje? Vamo dá um rolé na praia? Mó solzão! Praia da Barra...
- Já é!
- Então vou aí te buscar. Valeu?
- Valeu!
- Então... Fui!

Piririm, piririm, piririm alguém ligou pra mim
Piririm, piririm, piririm alguém ligou pra mim
Quem é?
Sou eu, bola de fogo, e o calor tá de matar
Vai ser na praia da Barra que uma moda eu vou lançar

Vai me enterrar na areia?
Não, não. Vou atolar!
Vai me enterrar na areia?
Não, não. Vou atolar!

Tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha
Calma, calma, foguentinha. (3x)

quarta-feira, novembro 24


E assim saiu Clara, rebolando pelo corredor. Era independente. Não precisava seguir os conselhos do pai coerente. “Que mané rua perigosa! Me erra, coroa”, pensou ao ligar o carro. Passou na casa de Juliano, pegou Patrícia e, no caminho, encontrou Beto. Beberam muito. Foram para Ipanema. Mergulharam no Arpoador. Nadaram pelados. Fumaram. Acenderam uma fogueira. Não tinha necessidade. Estava quente. Mas seria legal mesmo assim. Queimaram calcinhas e cuecas. Arrotaram sem parar. Beto balançou o pinto na cara de Patrícia. Juliano enfiou dedos na buceta de Clara. Chegou em casa às 6 da manhã. O pai esperava o carro. Ia trabalhar. Lembrou que as coisas estavam difíceis. Que teria que cortar a tevê por assinatura, a internet, o cartão de crédito e a academia. Clara saiu rebolando. Fez vários programas. Morreu de Aids.

terça-feira, novembro 23


NOSSA, QUE ORGULHO...

Em sua coluna na revista Veja, Millôr Fernandes não conseguia entender o verdadeiro significado do orgulho gay. Disse que entendia a reivindicação dos negros pelo orgulho de sua cor e, sacana, falou que não conseguia descobrir qual era o real motivo do orgulho gay. Desafiou os leitores: "Orgulho por quê, ô pá?"

O estudante de jornalismo de Salvador, Leo Marques, resolveu explicar. Em seu fotolog, divulgou a matéria que escreveu no Jornal Multimídia e explicou tudo para o escritor: "Os gays lutaram muito pela conquista do seu espaço na sociedade. Não falo espaço trabalhista, porque isso nós sempre tivemos consciência de que sabíamos muito mais que alguns, apesar de que alguns gays, por serem ditos afeminados, são descriminados (sic) para desempenhar algumas tarefas. (...) Quando se tem orgulho e se é gay a união disso só poderia dar em uma coisa: Orgulho Gay."

Tá? E isso é só o começo.

TÁ SIACHANDO. Os eleitores do Rio de Janeiro estão revoltados com César Maia. Em matéria do jornal O Globo de hoje, alguns políticos chamam o prefeito de traidor e mentiroso. A indignação é por causa da decisão de César Maia em se candidatar para a presidência do Brasil em 2006 e abandonar a prefeitura do Rio. Eu digo: te fode! quem votou nisso merece!

SEU RUPI STRIKES BACK. No mesmo jornal, uma nota na coluna de Joaquim Ferreira dos Santos: "Só deu Rupert Everett na pista de dança da noite GLS do 00, domingo de madrugada. De camisa regata branca, calça jeans coladinha e gorro, o ator inglês dançava como se não houvesse amanhã ao som do DJ Gustavo Tatá."

ALEXANDRE VEM AÍ. E por se tratar de mais um filme de Oliver Stone, a polêmica também vem junto.

Foi assim com "Assassinos por Natureza", "JFK", "Platoon" e vários outros. E a mesma confusão acontece agora com Alexandre, o épico de US$ 160 milhões sobre o grande imperador da Macedônia, que traz um elenco estelar (Colin Farrell, Angelina Jolie, Val Kilmer e Anthony Hopkins como narrador).

O grande burburinho, no entanto, é o medo de um possível fracasso nas bilheterias. O filme mostra o protagonista em cenas consideradas gays demais para o grande público. Por outro lado, alguns afirmam que Alexandre, O Grande, conhecido por sua bissexualidade, não foi retratado com verdade. Especialmente nas cenas com o seu parceiro inseparável, e amante, Hephaistion (Jared Leto).

O jornal NY Post conta que Colin Farrell tem fala doce e "parece ter saído do Queer Eye for the Macedonian Guy". O problema, então, é o seguinte: alguns acham o filme gay demais para a platéia conservadora (se assim posso dizer) e outros enrustido demais para gays.

No filme, Farrell beija dois homens na boca: um soldado macedônio e um garoto castrado chamado Bogoas, que se torna seu amante. O ator irlandês ainda protagoniza uma cena de sexo com sua mulher, interpretada por Rosario Dawson.

"Alexandre viveu em uma época mais honesta. Nós exploramos a sua bissexualidade. Isto pode ofender algumas pessoas, mas sexo naqueles tempos era uma coisa diferente, uma era de moral pré-cristã. Garotos ficavam com garotos quando eles queriam", disse o diretor Oliver Stone à revista Playboy.

O filme estréia nesta sexta-feira nos EUA e aqui, no Brasil, só em 14 de janeiro. Vai entender...

segunda-feira, novembro 22


<------- BANG!

Que astúcia! Que sensualidade! "Bond Girl" é minha nova musa. Ganha disparado da working girl e da Pieta.

sábado, novembro 20


* OLHA A PROMOÇÃO DA C&A! Tudo em dez vezes sem juros. Eu repito. Dez vezes sem juros. A hora é agora. A hora é essa. Promoção da C&A! Vamos acordar! Isso não é hora de dormir. Ei, você! Que horas o senhor levantou hoje? Seis horas da manhã! Viu? Esta é a promoção da C&A! Vá correndo pra lá - gritava o homem, de megafone, às 10 da manhã, vestido com a roupa da loja. Inacreditável. Nunca quis tanto ter uma arma embaixo do travesseiro.

* FIQUEM CALMOS. Para aqueles que me ligaram, vieram aqui em casa, querendo saber como usar o vibrador da Hello Kitty que acabaram de comprar, aqui tem as fotos demonstrativas. E apresentadas por uma modelo daquió!

* O QUE ELES LÊEM? O "ator" Bruno Gagliasso desfruta de "O Pequeno Príncipe". Jennifer Aniston, a mulher de Brad Pitt, lê "O Código da Vinci". Aliás, lê nada. Escuta. A atriz comprou foi o áudio do best-seller. Assim ela pode escutar no avião, entre as gravações, etc. *medo*

* RADIO FG LIVE! Agora a FM francesa também toca pelo winamp (32K). Para as conexões de 128K, dá para ouvir, em ótima qualidade, pelo real player ou media.

* SANTA GENÉTICA, BATMAN! Se Daniela Cicarelli é linda, a modelo deve agradecer aos genes herdados. Seu pai, o Coringa do Batman, também é de uma beleza tamanha.


- Eu vou entrar com ela na igreja!

sexta-feira, novembro 19


No Europe Music Awards de ontem, em Roma, Gwen Stefani cantou a música "What you waiting for" rodeada de japinhas. Dentre as outras apresentações, Franz Ferdinand, Outkast (o grande vencedor da noite), Eminem, Kylie e mais.

Fotos no hot site do EMA e o vídeo da cobertura da festa feita pela TV Reuters. A MTV nacional deve transmitir a premiação sabe-se lá, Deus, quando.

quinta-feira, novembro 18


* Tá no Globo: "Entre os 65 filmes com no máximo oito minutos cada, está o "S.O.S.", do jornalista Luciano Dias. Nele, o cineasta amador - como é a maioria dos participantes - mata a governadora Rosinha Matheus de... bala perdida."

* Piadinha 'ixcrota' rolando em alguns blogs britânicos:
- What's the difference between Yasser Arafat and Princess Diana?
- Nothing....they were both fucking Arabs and died in Paris.


* Mil provas, mil caracteres, mil coisas. Daqui a pouco eu volto.

terça-feira, novembro 16


OW, I´M SUCH A BIG FAN

Não que seja alguma novidade esta celebridade andando por Ipanema. Mas estava. E atrás de mim.

Pensei em parar, perguntar se era ele mesmo. Mas seria uma típica pergunta idiota para começar um papo mais idiota ainda. Continuei andando. Peguei o celular. Pelo menos uma foto eu tiro. Mas a iluminação noturna da rua Vinícius de Morais não ajudava. Perdi ele de vista. Ih, atravessou. Tá indo comer pizza na Capricciosa.

E lá se vai minha chance de foto ou conversa com Rupert Everett, o ator inglês de "O casamento de meu melhor amigo", partner de Madonna na música "American Pie" e no filme-fiasco "Sobrou pra você". O único registro é a foto acima, bem tosca, que não diz nada.

Poderia ser o Paulo Betti ou, sei lá, o Dado Dolabella e eu estou aqui enganando vocês. Mas, por favor, acreditem, é Rupert Everett, mais conhecido como (e chamado de) Seu Rupi pelos garçons do Bofetada, barzinho em que o ator bomba nos carnavais cariocas. Big news, huh?

NOT!

segunda-feira, novembro 15


INDEPENDÊNCIA OU MORTE!


Nunca gostei muito de No Doubt. Deve ser por isso que adorei o disco solo da vocalista Gwen Stefani. Totalmente diferente do pop rock da banda, o álbum "Love, Angel, Music, Baby", que chega nas lojas dia 23 de novembro, é um mergulho pop nos anos 80.

Batidinha de sintetizadores, influências de funk melody, bem bagacento e divertido. Traz a participação de Andre 3000 (Outkast) e um cover de 'Rich Girls' bem legal. Pelo pouco que ouvi, tá supimpa.

Faça aqui o dowload de samples (em mp3) da maioria das 14 músicas do novo disco.

domingo, novembro 14


BAND AID PARA O MUNDO

São eles: Paul McCartney, Bono (U2), Chris Martin (Coldplay), Justin Hawkins (The Darknes), Damon Albarn (Blur), Ms Dynamite, Dizzee Rascal, Dido e mais uma pá de gente. Todos escalados por Bob Geldof, o responsável pelo Band Aid, tradicional evento da Grã-Bretanha que canta contra a fome e as injustiças do mundo.

No primeiro Live Aid (o concerto), 20 anos atrás, grandes nomes da música dos anos 80 participaram do festival: Mick Jagger, Tina Turner, Bod Dylan e até Madonna, chubby, cantando Holiday.


Tina Turner com Mick Jagger e Madonna, 1985.

Joss Stone, uma das convidadas do projeto deste ano - e que, na época, nem nascida era -, deu uma coletiva no Hard Rock Cafe, onde a imprensa se acotovelava para saber como anda a regravação de Do they know it´s Christmas?.

Entrou na sala chateada, revoltada, chorando: "Não consigo parar de chorar. É tão triste. É horrível e não precisa ser assim. Nós temos toda essa comida no mundo e nós nem comemos tudo. Isso me deixa muito triste."

Tá? Esse é o clima. Mas, fica calma, Joss Stone. Bob Geldof disse que o Band Aid já evitou que 30 milhões de pessoas passassem fome no mundo. Com a gravação do novo CD, com a pop music, então, "vamos mudar o mundo", diz.


Público do primeiro Live Aid

O jornalista Ivan Lessa é quem melhor define a intenção do festival. "Entre uma cerveja, um berro e um saracoteio, deveriam salvar o mundo mediante uns cobres doados ou investidos num disquinho. Sensacional! Rock não só da prise como também salva vida de crioulinho africano.", escreveu

Para acompanhar o que anda acontecendo nas gravações, a BBC fez um blog.

sábado, novembro 13


Vi na Dama:

Alguém tem que consertar logo a fachada desse estabelecimento no Humaitá. O "Pa" de "Padaria" caiu e eu não tô achando a mínima graça :)

quinta-feira, novembro 11


* Hello Kitty fez 30 anos recentemente. Ainda não casou com ninguém, coitada. Mas, ao contrário da Barbie (que já é quarentona), a gatinha japonesa é bem safadinha. E, se não trepa com ninguém, ao menos anda se divertindo sozinha. Já conhece o vibrador da Hello Kitty ? Feliz aniversário.


-hihihi

* Pelo visto, Yasser Arafat, depois de morto, virou anjo. Assistindo ao Globo News hoje, tive que ler algumas "artes" do jornal que mostravam mensagens meigas ditas pelo terrorista. Frases sobre o sonho não realizado na Terra Prometida e outras melosidades que já saíram de seu coração supostamente fofo enfeitavam o jornal apresentado pela esquisita Leilane "Nóibart". Por favor, né?

* Imagine uma colega de trabalho bem escrota... Com 20 e poucos anos, moradora do subúrbio, mal comida, cabelo ruim (porque assim ela o faz), nariz de batata, cafona, barriguda e que só gosta de textos cafonas que eu, normalmente, sou obrigado a escrever. Agora imagine ela morta na esquina com um cone de trânsito enfiado no cu. Pronto, passou.

* Frase do ano: "I believe your house is a reflection of yourself, so I want anything in mine to be exquisite." - Britney Spears

quarta-feira, novembro 10


PENSOU QUE IA SE LIVRAR DELES?


Tá na capa da Contigo! e do jornal O Dia. Angélica tá bombando de peitinho de fora (foto maior) em Miami, onde passa a lua de mel com o marido.

Pois é. É chato, eu sei, mas ganhamos uma nova celebridade. A apresentadora é espertinha. Sabia que ia ser clicada por paparazzis e não pensou duas vezes em fazer o topless. E daí, né? Mais capas de revista, mais atenção. Viva as tetas da Angélica.

* Thank´s, Kibe.

segunda-feira, novembro 8


* Tá no madonnalicious: No dia 5 de novembro, a BBC exibiu o capítulo de French and Saunders em que as duas comediantes - como sempre - avacalham a Madonna. Desta vez, o quadro do programa conta a história infantil de uma menina que, para chamar a atenção do mundo, já aprontou todas, publicou um sex book e hoje se "salvou" com os estudos da cabala. Baixe o vídeo.

Falando em livros infantis, Lola, a filha de Madonna, também anda bombando no ramo literário. A menina de oito anos acaba de escrever uma "historinha" para um livro beneficente às crianças doentes de câncer. O projeto "Christmas Stories" também traz contos da duquesa de York, Sarah Ferguson, e do ator americano - aquele cacura do Baywatch -, David Hasselhoff. Um começo bem trash para uma criança. Diga-me com quem escreves?

* Acha que é só a Rosinha? Não. O presidente recém-eleito daquele país lá em cima reforça o seu pensamento sobre o casamento gay: "Se nós queremos ter uma sociedade decente e esperançosa, nós temos que pensar no ideal. E o ideal é que o casamento tem que ser, e deve ser, uma união entre homem e mulher", disse Bush. Tá?

* Assistir aos shows do Tim Festival em Sampa foi ótimo. Mas a melhor coisa, o maior espetáculo do fim de semana, foi ter tido a oportunidade de ver Bianca Exótica fazendo dancinhas fofas com inúmeras jogadas de cabelo no ampgalaxy. Um privilégio. Sou muito fã.


No show dos Pet Shop Boys, Neil Tennant vestiu sua roupa de Super Xuxa e arrasou contra o baixo-astral.

sexta-feira, novembro 5


DUAS DUPLAS DE DOIS

Hoje à noite, o show pop atual, divertido e cheio de bootlegs dos 2manydjs (que ainda trazem o Soulwax).

No domingo, a lembrança das melhores músicas pop dos anos 80 e 90 com os Pet Shop Boys. As duas duplas se apresentam no Tim Festival que começa hoje, em São Paulo.

Eu vou. Ele também. Ele também. Ela também. E ele não. Ha!

quinta-feira, novembro 4


UMA MARCA BIBA

A idéia é a seguinte: uma vez por mês, todas os gays, lésbicas e simpatizantes da cidade "invadem" um local tipicamente hétero. O "ataque" é combinado através de e-mails que foram devidamente cadastrados no site responsável pela brincadeira.

Calma, não se trata de nenhuma conspiração. E nem é coisa de brasileiro, claro. O FagTag é a nova sensação de Sidney, na Austrália. O site já levou mais de 800 pessoas para festas em redutos frequentados por machões e diversas boates "caretas" da cidade. A próxima fag tag já está combinada. Acontece neste sábado (dia 6), no Le Panic, uma boate nova que é a sensação do verão dos surfistas australianos.


- Nós vamu invadi sua praia!

A festa é bem organizada. E, diferentemente do Rio de Janeiro, onde viado leva porrada quando vai para boate em Ipanema, os locais escolhidos adoram a visita das "amigas". Os fag taggers recebem uma senha enviada por e-mail que garante o desconto na entrada dos clubes.

"É uma desculpa para deixar a boate que você está cansado de ir para poder se divertir com todos os seus amigos - sejam eles héteros ou gays", diz Tim Duggan, o organizador da festa. Diversão de primeiro mundo.

quarta-feira, novembro 3


DEU NA REUTERS:

Homem tenta converter leões ao cristianismo e é mordido

Um homem que tentava, na quarta-feira, converter leões ao cristianismo em um zoológico de Taipé acabou mordido na perna. "Jesus vai salvar vocês!", gritava o homem de 46 anos a dois leões deitados sob uma árvore a poucos metros de distância.

"Venham me morder!", desafiava ele, com as mãos erguidas. Um dos leões mordeu a perna direita do homem antes que os tratadores do zoológico pudessem afastá-lo com jatos de água e tiros de tranquilizante. Os jornais disseram que os leões haviam sido alimentados mais cedo, caso contrário o homem poderia ter sido ferido mais gravemente. (link)


Boatos dizem que, agora, com a perda das eleições em Campos e Nova Iguaçu (sim, o Lindberg ganhou), o casal Garotinho vai tentar o mesmo nos zoológicos da cidade.

A governadora do Rio teria ficado abatida e somente os ensinamentos religiosos e o contato com animais a tirariam da depressão. Rosinha Matheus pretende evangelizar galos de briga, cachorros que atacam pedestres no Rio de Janeiro e, claro, os leões do RioZoo. Será que eles andam se alimentando direito? Estamos na torcida.

* Quem quiser ver o vídeo do precursor da idéia, clique aqui.