<BODY> philipinas: Julho 2004

sexta-feira, julho 30


* Alemoas: Lembra da história do canibal alemão que comeu um cara? O assunto não pára de ser discutido na Alemanha. A coisa rende tanto que até ganhou uma música. A banda Rammstein é a responsável pela letra de "Mein Teil" ("Meu Pau"), que conta a história dos dois malucos sob o ponto de vista do morto, que canta na estrofe "Você é o que você come. E você tá comendo meu pau". O single já foi remixado pelos Pet Shop Boys e o vídeo traz cenas de tortura e um membro da banda matando um anjo após um boquete. Hein? Para ver em real player, aqui. Em media player, acá.

* Se você não sabe dançar disco, não fique triste. Aprenda os passos com dois instrutores daqui ó (segura a orelha com a ponta dos dedos). Faça o download.

quarta-feira, julho 28


Tá quase...


Capa do novo disco de Bjork, Medúlla


O novo trabalho da gata sai dia 31 de agosto. Em entrevista para a revista W, Bjork falou sobre o novo álbum, amigos de trabalho e Olimpíadas.

"Eu fiquei muito entediada com os instrumentos" diz, lambendo seus lábios em um grande círculo, um dos seus tics faciais. "Eu comecei a fazer tudo com minha voz. Então de repente eu não quis trabalhar com músicos, o que é meio estranho. Eu só quis trabalhar com vocalistas."

Sobre a composição de uma música para cantar na abertura das Olimpíadas em Atenas: "Eu estou tentando escrever uma canção onde não se diga 'We Are the World,' ou 'Ebony and Ivory '", brinca.

O download de uma das músicas novas, "Triumph", já pode ser feito neste site. Quer mais? Vai lá no Rafael que ele não perde uma.

terça-feira, julho 27


Teresa: Now stick it!

Aconteceu hoje a convenção do partido democrata norte-americano que pretende eleger John Kerry para presidente dos EUA.

Se depender do apoio mostrado na campanha, Kerry tem grandes chances de derrotar Bush. Gente de peso compareceu: Bill e Hillary Clinton (ovacionados pelo público), o ex-presidente Jimmy Carter e o derrotado nas eleições passadas, Al Gore. Mas quem também discursou foi a mulher de John Kerry. E é aí que mora o perigo para o partido.

A suposta primeira-dama é uma Marta Suplicy multiplicada por mil. Mil vezes mais rica, inteligente, velha, bem vestida e arrogante. Com o cu cheio de dinheiro e super moderna, Teresa Heinz Kerry defendeu o marido em seu discurso e disse, certa hora, para delegados do partido de seu estado (a Pensilvânia), que era necessária uma mudança, uma reversão das "assustadoras características não-pensilvanas e algumas vezes não-americanas que estão surgindo por lá". Uma das repórteres quis saber quais seriam estas características "não-americanas". Teresa respondeu: "Não, eu não disse isso, eu não disse isso", repetindo várias vezes.

Teresa saiu do palanque e minutos depois, enquanto conversava com velhos de cabeça branca, a repórter volta com a mesma pergunta. E Teresa repete: "Você disse algo que eu não disse, agora enfie - disse, apontando o dedo para a interlocutora".

Grosserias à parte, se John Kerry vencer, os EUA terão uma primeira-dama que vai dar muita notícia. Teresa não tem papas na língua, (aliás, uma língua que também fala o português) diz o que pensa (chocando muitos republicanos) e é totalmente bitch. Teresa para a prefeitura de São Paulo!


* Rapidim: o fotolog cafonou, irritou e o escapismo escapou para outro lugar. MoBlog é o que há.
* Continuando a perseguição: na estréia do filme, a verdadeira mulher-gata.

sábado, julho 24


Ter celular com câmera é...

...tirar foto até com a Baby no estacionamento do shopping

sexta-feira, julho 23


Usher também é diva

Com uma quantidade imensa de hits no topo das paradas e música tocando nas rádios sem parar, Usher começa a sinalizar sintomas de "divalização" [Do lat. divale, 'tornar-se diva´, 'zaraiar-se'].

Nada de J-Lo, Mariah, Cristina ou coisa parecida. Na semana, presente na festa de P Diddy, Usher sentou na mesa do bar e se recusou a falar com o barman. Esperou seu guarda-costas chegar, chochicou algo em seu ouvido e o segurança pediu: "Usher vai beber um Bellini". O barman preparou o drink e quando foi passar para Usher, foi interrompido pelo guarda-costas que explicou que ele é o único autorizado a servir um Bellini ao cantor. A cena se repetiu a noite inteira.

Mais tarde, o segurança pegou um saco grande de M&M de amendoim e os separou em diferentes cores e os distribuiu em vários copos. Pôs todos na bandeja e mandou entregar para Usher. Te mete.
(Fonte:popbitch.com)

* Essa é a Nicole Kidman antes do bom gosto.

* Mais um asterisco. Começa hoje e vai até domingo a festa junina do Bairro Peixoto. Vamos todos levar os seguranças para nos servir batida a noite inteira.

quinta-feira, julho 22


* Tô muito ocupado com meu celular novo. Imagine um aparelho super moderno tocando música sertaneja ao receber ligações. Cara, eu sou muito vanguarda.

* Notícia boa? Já tem o show inteiro da Madonna "piratamente filmado" (com mais de 3 giga de tamanho) rolando pelos torrents da vida. A "Re-Invention Tour", pelo visto, é a turnê fofa do amor. Uma entrevista feita com uma das dançarinas, a indiana comportada Reshma Gajjar, conta que os pais da moça só a deixaram trabalhar com Madonna após serem convencidos de que a cantora é hoje uma pessoa comportada, que não se mete mais em escândalos. Os pais arriscaram e deixaram. Por enquanto, tudo tranquilo. A turnê passa agora pelo Canadá e Madonna até já visitou um hospital de crianças doentes.

* Falando em loiras que andam envelhecendo, a Sharon Stone continua linda. Viram as fotos que ela fez para a revista Rollingstone? Aqui tem duas.

* Não consigo parar de ouvir Tom Tom Club. Culpa da regravação das meninas do "Chicks on Speed" para a ótima "Wordy Rappinhood". É "A" música.

* Tô indo ali na piscina da Kelly e já volto.

quarta-feira, julho 21


É hoje o dia

Não acordei com o pé esquerdo, mas sim com o despertador irritante. E fui "agraciado" com um mau-humor que proporciona respostas na ponta da língua.

Nestes dias, parece que todos percebem sua situação patética (afinal, mau-humor é birrinha de criança) e resolve "brincar" com você. Um dos porteiros (o que faz a sobrancelha e dobra a manga da blusa de um jeito muito singelo) resolveu, de uns dias para cá - não sei explicar porquê - ser meu amigo. Nada recíproco. Desço do elevador esta manhã e ele vem sacanear o meu sapato:

- Grande Phelipão! Ih, onde você comprou esse sapato aí tinha pra homem? Haha!
- Tinha sim. Comprei um pra tua mãe.

Risadas envergonhadas e eu tomo meu rumo. Chego no trabalho e o assunto é sobre celebridades supostamente gays. A quantidade de besteira só piora o meu humor. Na hora, começo a me perguntar se meu sapato é realmente de mulher ou se a opinião de um porteiro que é telespectador da Rede Record não deve ser levada em conta. "Gente, meu amigo que é gay bem já transou com o Falabella", diz uma delas, feliz por ter amigos que são semi-celebridades e que confidenciam coisas que a revista Caras não publica, mas que todo mundo sabe que acontece. "Que nojo. Ele parece um maracujá. Como ele conseguiu?", pergunta a outra. "Ah, esse povo não tem critério para sexo", finaliza a hypada, amiga de gays.

O assunto morre, mas ela não consegue parar de falar. Comenta que ficou até 11 horas da noite de ontem conversando com um dos diretores sobre uma das pautas dadas para ela. A brincadeira (óbvia) de que os dois "ficaram é transando" acontece. Mas ela adora: "Imagina, gente. Nem brinca... Ele é o diretor. É super charmoso e tal, mas não rola". Eu não resisto e solto: "Bom, pelo menos critérios você já arranjou".

Quem é o próximo?

segunda-feira, julho 19


Essa menina vai longe...

Na sacada de um hotel em Los Angeles, Britney Spears patola o namorado Kevin Federline, com quem deve se casar em 20 de novembro. Mais fotos aqui.



* O paparazzi que clicou essa foi o mesmo que flagrou Beckham coçando o saco na varanda. Já deve ter dado pra comprar a casa própria, não é mesmo, Lombardi? Hi-hiii.

domingo, julho 18


"Querido Diário, tipo assim, eu, Zeca..."

Como todos sabem - pois assistem ao Fantástico - o Zeca Camargo está dando voltas pelo mundo, mostrando diferentes culturas (lê-se bichinhos) de países bem pobres. É um barato ver o repórter branco, bem vestido, extremamente simpático, no meio de uma população basicamente negra, carente, sem banho e cheia de criança melequenta. No último programa, ele se divertiu com os elefantinhos do Sri Lanka. Adorou a bochecha deles. Era só elogios. "Eles são muito calmos. Gente, olha que bochechas macias", apertava a cara dos elefantes.

Em seu diário virtual que, segundo Glória Maria, podemos ler detalhes fantásticos sobre as viagens, Zeca pergunta: "Orfanato de elefantes: você resistiria?"


- Ai, eu não resisto.


Em uma espécie de diário de bordo, o repórter conta os perrengues que passou com o cinegrafista mundo afora. Antes de acessar a página, imaginei o que poderia ser um relato sincero. "Caralho, me deram o emprego da Glória Maria. E cada dia me mandam prum lugar pior que o outro. Nem pegação eu tô podendo fazer mais. Ok, eu andei pegando uns angolanos sujos, uns africanos cheio de argolas... Não é a melhor coisa do mundo, mas vale a pena, gente. As necas deles devem ter uns 3 metros de comprimento. Ontem mesmo eu enrolei uma no pescoço e saí linda pelas ruas".

Nada disso. No blog do Zeca Camargo, podemos perceber que ele realmente não faz sexo há muito tempo. "O grande impacto do lugar é a espiritualidade que transborda de cada cingalês ajoelhado em frente à relíquia rezando. Não sou muito místico não, mas confesso que saí fortalecido dessa visita... um pedaço do corpo de Buda logo nos recolocou no caminho da luz".

quinta-feira, julho 15


Sítios para visitar

* O endereço do site é www.webgozar.com. Será que o conteúdo faz jus ao nome? Alguém sabe dizer?

* Suzana de Oliveira não é como Zaraia. Ela tem conteúdo. Suzi se preocupa em passar uma boa mensagem para quem a lê. É uma flor. Sem falar em suas curvas...

* Vi essa no rafaspol e não consegui acreditar. Na seção "Bispo Responde", do site da Arca Universal, o pastor esclarece dúvidas sobre o valor correto do dízimo. Cada resposta melhor que a outra.

* No google do Japão, a palavra relacionada à estética e beleza mais procurada em junho de 2004 foi "diet". Como assim? Existe japonês gordo? No Canadá, Lindsay Lohan encabeça a lista das mulheres (e palavras) mais buscadas por internautas. Lindsay quem? Já no google dos Países Baixos, Reino Unido e Espanha, um dos homens mais procurados é o jogador português Cristiano Ronaldo. Nasce um novo Beckham! Quer ver mais? Tá tudo aqui.

quarta-feira, julho 14


* Zaraia foi citada no Caderno de Informática da Folha de hoje: "Um contraponto ao mundo da moda é o www.fotolog.net/donaarlinda, de uma paraibana, cuja neta decidiu criar um fotodiário para registrar o cotidiano da avó de 78 anos. A dona-de-casa Zaraia (www.fotolog.net/zaraia)registra seu dia-a-dia e faz montagens com celebridades..."

Peraí. Dona de casa? Alguém precisa explicar para a repórter que Zaraia não é uma simples dona de casa. E sim uma diva, uma lenda viva do inconsciente das peruas sem-noção do Distrito Federal e, porque não?, da Barra da Tijuca.

Vou te contar... Já não se fazem mais jornalistas como antigamente.

* Falando em fotolog.net... Viram o banner da Ubbi que eles resolveram pregar para poder cobrar a Gold Cam dos brasileiros em real? O protesto contra a associação, claro, já está acontecendo na maioria dos fotologs do país, que abrigam imagens de "não à ubbi" tão horrorosas quanto o banner da provedora.

Ninguém quer aquele banner horroroso empobrecendo a própria página. Mas esta foi a única forma que o fotolog arranjou para conseguir abrigar a quantidade de brasileiros que "invadiram" o site. E, bem ou mal, como podemos reclamar de banner feios sendo que foram as nossas fotos horrosas, de hello-kitty fofinha, spams, cheias de photoshop, saídas de casas da massagem, saunas gays e choppadas que iniciaram o processo de favelização (ou abrasileirização) do fotolog?

Uma coisa é certa. Brasileiros amam novidade. Amam internet. No orkut já somos maioria, ultrapassando a quantidade de norte-americanos que também participam da comunidade virtual. Será que a presença dessa gente bronzeada querendo mostrar seu valor também trará problemas para o orkut? O google está preparado para nós?

* Nasce mais um Michael Moore: "Super Size me" é o documentário que critica a cultura do fast food norte-americana. O diretor do filme passou um mês só comendo no Mc Donald´s. O resultado é o aumento de peso e o colesterol. O documentário abre hoje o festival de Brasília e ainda bem que eu moro no Rio.

* De um lado, Gael Garcia Bernal, "o garoto Che" que odeia moda e adora All-Star e Fernandas Limas, recusando ofertas milionárias para estrelar campanhas como a da Prada. Do outro, seu amigo de infância, também ator em "E Sua Mãe Também", Diego Luna, assinando contrato para ser o novo rosto da Ermenegildo Zegna, substituindo Adrien Brody. (Nossa, como eu sou cool dando essa nota. Me chamem de Erika)

terça-feira, julho 13


Me abandonou, né? Te prepara

Jason, o quase marido de Britney Spears conta, em entrevista exclusiva ao jornal inglês News of the world, tudo sobre as noites de sexo com a cantora, o casamento em Las Vegas e a humilhação que passou quando família e advogados tentaram separá-los.

É com uma atitude "me deu toco, agora vai se fuder" que o namorado de Britney conta para o mundo detalhes íntimos de sua vida com a cantora. "Eu não contei nada antes porque ainda tinha esperanças de que nós voltaríamos", disse Jason. "Mas agora vejo que ela não volta mais".

Jason, 22 anos, amigo de infância de Britney, conta que ela o pediu em casamento após uma noite de sexo, deitada nua em seus braços. E que ao ouvir o "sim", puxou ele pelo corredor sem ao menos calçar o tênis. "Nós fizemos amor na cama dela, no banheiro e na banheira. Ela me pediu para casar com ela, mas quando seus advogados me mandaram cancelar o casamento, ela não disse nada - a minha vida ficou um caos", disse Jason.


- That´s too hard, Jason.



Os detalhes mais íntimos não são poupados pelo cara. "Nós tiramos toda a roupa, entramos no chuveiro e Britney fez sexo oral em mim enquanto a água caía sobre nós. Ela era boa nisso. Ela era boa em tudo. She was an animal in bed", conta Jason, o espertinho filho da puta. Leia tudo aqui.

* Outra baixaria do showbizz americano é a fita pornô S&M de Cameron Diaz. Já viram?

segunda-feira, julho 12


Ronald McDonna?

Mike andava pelas calçadas de Nova York com alguns amigos quando sirenes começaram a tocar na rua. Pensou que fosse polícia, bombeiro, coisas do tipo. Era uma comitiva. Daquelas que puxam carros de governantes ou de cidadãos americanos quando vêm participar de conferências aqui no Brasil. Mas a carreata daquela cidade puxava um carro que trazia uma mulher, com metade do corpo para fora do teto-solar, segurando uma câmera. O carro pára no sinal, Mike reconhece a moça e grita: "É a Madonna?" Ela mesmo responde: "Sim, é a Madonna".


- Meus filhos não comem no McDonald´s!


Como Mike conta em seu blog, a foto acima é da câmera de seu celular. E a mulher era mesmo Madonna, que está filmando o tão aguardado documentário que irá mostrar os bastidores da Re-Invention Tour, o relacionamento com os fãs (gritando feito louca pelas ruas), a família e, claro, como a cabala mudou sua vida. Lendo mais o blog de Mike, percebe-se que agora ele não desgruda da digital. Um dia desses, no metrô, fotografou a mulher que fez "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain". Como ele reconheceu aquela atriz, só Jesus.

sábado, julho 10


Reunião importante

No final do ano passado, Regina Duarte conseguiu o que tanto queria: uma audiência com a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy. Ela pedia, encarecidamente, para que Marta impedisse a construção de um prédio que tamparia a vista de seu apartamento no Jardins. Segundo Regina, o assunto era de interesse público. O diálogo (fictício) entre as duas saiu de uma longa conversa no messenger.

- Marta, o que é São Paulo, não é mesmo? Tão grande, cresce tão rápido.
- Sim.
- Cada dia que passa, vuum, um prédio novo. É uma cidade de pedras, nao é, pessoal? (Apesar de só ter as duas presentes na sala, Regina insistia em falar com uma suposta platéia presente) Mas eu acho que tudo tem que ter um limite, não é mesmo? Por exemplo, perto da minha casa... O que é o edifício que estão construindo?
- Pois é...
- Você não concorda comigo, Marta? Posso te chamar assim? É um crescimento desordenado, não é mesmo, minha gente? Algo que desvaloriza o imóvel de quem não merece, não é mesmo, pessoal? (Assim como Maluf, Regina precisa do povo ao seu lado. Mesmo ele não estando lá) Sabe, eu tenho medo que São Paulo cresça, cresça, cresça demais e perca a beleza que só ela tem.
- Sim.
- Marta, olhe nos meus olhos. São Paulo quer respirar. Precisa de árvores, meio-ambiente. E não de mais arranha-céus. Principalmente em frente à minha janela, não é mesmo, pessoal?
- Entendo seu problema, Regina. Encaminharei seu pedido à secretaria indicada.
- Olha, faça isso, sim. Pois faça isso sim.
- Regina,... Eu posso te chamar assim, né? Entenda minha situação. Eu tenho que lidar, agradar, todos os tipos de gente. Tanto pessoas (faz as aspas no ar) "importantes" como você quanto pobres reclamões que não entendem nada de administração de prefeituras. É muito stress para uma mulher. Ontem mesmo o Clodovil me liga reclamando que fez um vestido pra mim em 1950. Gente, eu sofro muito também por ser mulher. A pressão é muito maior.
- Eu entendo, mas sou uma mulher também, não é mesmo, minha gente? E nós mulheres não precisamos de mais prédios em São Paulo. Abaixo aquela construção!
- Você sofre porque é uma dondoca sem fibra, sem garra. Eu me lembro quando fiz o vestido para sua irmã. Quem tem telhado de vidro, não recebe pedras ao léu. A grande virtude do ser humano é a coragem e a disciplina. E a senhora decepciona nos dois quesitos. Fora da prefeitura! Já!
- Clodovil, o que você tá fazendo aqui? (Marta se espanta)
- Minha nossa! O que é a coincidência, não é mesmo, minha gente? Clodovil, querido, o que você acha sobre a construção de mais prédios em São Paulo?

sexta-feira, julho 9



Testinho legal. Pensei que ia tirar o Dr. Evil, mas não. O-Ren Ishii é tudis. Uma das minhas prediletas de 'Kill Bill'.

quinta-feira, julho 8


Ladies and Gentleman, Burt Bacharach...

Você pode até não conhecer Burt Bacharach (pronuncia-se bacará), mas Aretha Franklin, Dusty Springfield, The Carpenters, Tom Jones, B.J. Thomas, Austin Powers, seu pai, sua mãe e Dionne Warwick conhecem muito bem.

Aliás, não se pode falar de Dionne Warwick sem citar Burt Bacharach (e eu já falei bastante besteira sobre os dois tempos atrás). Foram as composições de Burt que ajudaram a tia de Whitney construir sua carreira musical. Clássicos como "I´ll never fall in love again", "Message to Michael", "Walk on by" e "Do You Know The Way to San Jose?" (que deu um Grammy pra ela) foram os hits supimpas e "cantarolantes" que marcaram a década de 70 e a história do compositor e da cantora.


Se você me vir andando pela rua e eu começar a chorar, passe direto - 'Walk on By"


Você pode até não saber quais músicas Burt Bacharach escreveu, mas os Carpenters nuncam vão esquecer o estrondoso sucesso de "Close to you", também composta por ele. Sabe qual? "Why do birds suddenly appear, every time you are near?"

Ok, você nunca ouviu falar desse cara e odeia clássicos dos anos 70. Mas se gosta de cinema, provavelmente já viu a cena de "O Casamento de Meu Melhor Amigo" em que Rupert Everett puxa um coro no restaurante para cantar "I Say a Little Prayer" (também de Burt Bacharach). A cena exemplifica o "clima felicidade" que a música de Bacharach nos empresta quando resolve tocar. Burt também é um dos prediletos de Austin Powers. Quem assistiu aos filmes do espião idiota protagonizado por Mike Myers lembra das cenas de Burt, ao piano, criando climas românticos para as conquistas do agente inglês. Outro momento marcante da música de Burt no cinema, você, cinéfilo, ou seu pai, velho, irá se lembrar. O western "Butch Cassidy" imortalizou "Raindrops keep falling on my head" (aliás, o segundo filme do Homem-Aranha faz uma brincadeira com a música).


- Yeah, baby, yeah


Você desistiu. Não gosta de nenhuma dessas músicas. E acha idiota essa história de que Burt Bacharach, assim como Roberto Carlos, é cafona, mas é lindo. Sem problemas. Você não consegue entender o momento "flutuante" que essas músicas fazem com todos, mas "Anyone Who Had a Heart" sabe do que eu estou falando. Afinal, "What the World Needs Now (Is Love)".


- Nós amamos Burt! Muitas emoções...


Neste fim de semana estréia "Cristal Bacharach", musical de Charles Möeller e Claudio Botelho feito apenas com músicas de...Burt. "Eu e Claudio estamos sempre trabalhando com compositores de teatro, como Chico Buarque e Cole Porter. Além dessa ligação, há um traço parecido entre esses artistas: ao fim de uma canção deles, você sai modificado, algo acontece. O espetáculo nem é uma homenagem ao compositor, e sim à grande canção, que não tem pátria nem época", disse Charles Möeller ao jornal O Globo. "Depois de passar pela cafonice dos anos 80, de Versace, e o niilismo dos 90, de Yamamoto, a moda de hoje resgata a graça dos anos 70. Muito branco na decoração, objetos de cena com a cara futurista retrô típica da época. A peça traz esse clima psicodélico, meio Sgt. Peppers, meio Austin Powers", adianta o autor.

Aqui entre nós: o teatro fica na Rua do Russel, 632, embaixo do Hotel Glória. O ingresso para estudantes é só R$ 7,50. Sim, é propaganda gratuita. Mas não precisa agradecer. "That´s What Friends Are For".

* Ainda, no orkut: tá rolando uma discussão muito interessante sobre o papel da Mulher Maravilha nos quadrinhos e nos desenhos.

quarta-feira, julho 7


Aiv bin bizi...

...e meu tempo vago di internet anda sendo ocupado com muita fofoca pelo messenger, muitas besteiras escritas no orkut - que agora tem uma comunidade para o inter:urbanos - e visitas fiéis à alguns fotologs (aqueles que valem a pena, como o do amigo , que acha o Rio de Janeiro um "lugar onde as coisas não funcionam").

Uma notícia boa? Encontrei o mau-humor navegando por aí. E de quebra, conheci o rtfm. Sim, ainda existe vida inteligente (e divertida) nos blogs.

sexta-feira, julho 2


Ensaio: a baranga do DF

O assunto pode ter acabado para a maioria dos jornais, mas na internet a diversão, como sempre, está só começando. O escândalo causado pelas fotos "sensuais" de Fabiula, a empregada do Ministério da Agricultura, foi grande em Brasília. Mas a adoração do público foi maior. Após a publicação das fotos “comportadas” feita pelos jornais, não se recebia outra coisa pelo e-mail a não ser as outras fotos, mais ousadas, da baranga. Fabiula, enfim, conseguiu o que queria. Agora está famosa. Virou modelo de site de pornografia. Olha isso.

quinta-feira, julho 1


Tangerina meu cu

Não só ouvidos, bocas e olhos merecem nosso respeito. O nariz também.

Exalar um cheiro muito forte perto de outra pessoa é falta de educação. Não falo só do fedor de um peido, de um cigarro, de um baseado, mas também de cheiros considerados bons pela maioria, como os vindos do perfume, incenso, etc. Um indivíduo que toma banho de perfume, mesmo sendo a essência a melhor e mais cara do mundo, é mal-educado. É necessário entender que existem pessoas que se incomodam com cheiro forte. Que não só o ouvido, maltratado pela poluição sonora, ou a boca pelo gosto ruim, merece o respeito de todos. O nariz também.

Por exemplo: evite comer tangerina em locais públicos. Se você é professor, não descasque uma em dia de prova, atrapalhando assim a concentração de seus alunos. Você que é secretária, não coma essa porcaria após terminar a marmita que também foi ingerida no escritório. Além da tangerina ser uma fruta porca de se comer - toda dividida em gomos e cheia de fiapos - o cheiro dessa porra toma conta do ambiente.

Portanto, evite comer nojeiras de perfume tão forte quanto o de um peido perto de alguém. Descasque sua tangerina no banheiro, sentado no vaso. É lá que cheiros fortes com o de água sanitária, merda e produtos de limpeza podem conviver tranqüilamente. Aproveite e fume o seu cigarro, acenda o seu incenso, peide... Depois, tomando banho, é só voltar para a sociedade.