<BODY> philipinas

segunda-feira, setembro 22


Amigos íntimos

- Se eu te perguntasse uma coisa, você seria sincero comigo?
- Claro...
- Mesmo?
- Claro!
- Você me acha masculinizada?
- Olha, Rita... Não é isso... É que você é meio moleca, entende? - Ricardo fica pensando...a amiga continua esperando uma resposta melhor - Teve que encarar uma vida difícil e aturou muita barra na sua infância. Você, apesar de tudo, é muito minha amiga, de respeito mesmo, saca? Minha companheira, uma pessoa decente, fiel, independente, topa todas as paradas... Eu não tenho o que reclamar da nossa amizade.
- Sei...mas então, o que você acha de mim? O fato deu não curtir batom, saca? Você acha isso legal? E outra pergunta. Naquele sábado que você saiu com seus amigos da faculdade pro Outback, por que não me chamou? Você chamou a Vivi e a Fabiana e não me convidou. Você tem vergonha de mim?
- Nem vem, Rita. É porque você não curte carne e tal...Não vem com essa. Eu te conheço desde pequena. Nunca ia ter vergonha de você. Afinal você já é parte da minha família. Não tô nem aí se você não liga pra essas coisas fúteis tipo roupa, cabelo... Você tem seu próprio estilo, saca?
- Ok, então já que a gente é amigo e mais nada, eu posso te perguntar isso sem você achar que é alguma cantada e tal. Você, tipo... transaria comigo?
- Se eu fosse gay, talvez...(um soco voa no braço de Ricardo)
- Filho da puta!