<BODY> philipinas: Maio 2003

sexta-feira, maio 30


Deu elefante!

Ficaram sabendo quem ganhou a Palma de Ouro em Cannes, né? O novo filme do Gus Van Sant, chamado "Elephant", que fala sobre a tragédia da escola Columbine, nos EUA. O que isso tem a ver com elefante? O nome vem de uma fábula oriental que fala sobre quatro cegos que apalpam um elefante e cada um tem uma descrição para o animal. Quem viu, disse que o filme realmente não julga as crianças assassinas. Alguns já tratam o filme como "em cima do muro". Em uma das cenas mais faladas, dois meninos se beijam antes de sair matando todo mundo. Se deu confusão? Claro. O movimento gay americano não gostou nada da associação de homossexualismo com a brutalidade cometida pelos dois. O que é meio esquisito. Afinal, que tipo de visão eles esperavam de um diretor gay? Gus Van Sant só estava contando a história pelo seu ponto de vista. Deve ter apalpado o elefante também, ora.

Todo mundo achava que "Dogville", estrelado por Nicole Kidman, iria ganhar. Mas acho que a visão anti-americana do filme, dirigido por Lars Von Trier, não deve ter agradado o júri. O prêmio para o filme do Gus Van Sant é merecido (como se eu tivesse visto o filme). Alguém se lembra de "Um sonho sem limites", com a Nicole Kidman (ela de novo)? E de "Garotos de Programa" (nome idiota)? E aquele "Até as vaqueiras ficam tristes" com trilha sonora de KD Lang? O cara é excelente. Também já dirigiu videoclipes do David Bowie, do Elton John e recebeu uma indicação ao Oscar por "Gênio Indomável", seu filme mais fraquinho. "Elephant" tem 80 minutos e é exibido em tela de formato quadrado. Ainda bem que ganhou a Palma de Ouro. Assim os cinemas daqui devem exibir. Mas claro, em muquifos empoeirados.

quinta-feira, maio 29


Cafezinho e Yoga

Pra quem achou que a velhice ia fazer uma Madonna sem-noção, que usaria calças enfiadas no rabo, usasse maquiagem pesada, virando uma Cher e fazendo shows em Las Vegas, está enganado. A mulher só pensa na sua saúde, no bem-estar espiritual da humanidade e na educação dos filhos (o colégio da Lola entrou em greve recentemente e a mãe dela ficou puta). Uma senhora de idade, certo? Pessoas reclamam que sentem falta da Madonna putona que gostava de se divertir. Pô, ainda bem que ela sabe que tem 44 anos. Não há nada mais ridículo que gente que não tem noção da própria idade. Carioca tem muito disso. Vinicius de Moraes era um que na sua velhice ainda usava rabinho de cavalo, bermudão e ficava cantando a mulherada na praia. Tem coisa mais escrota? Pessoas peladas nessa idade são tomadas como malucas. Vide Dercy Gonçalves.

Mas voltando à Madonna. Ela levou a família pra Hollywood agora. Tá gravando o novo clipe do próximo single, chamado "Hollywood". Tingiu os cabelos. Tá loira de novo. Bem Hollywood. Bem American Life. Quase uma volta às raízes (não as do cabelo). Assim ela admite, na letra de Hollywood: "There's something in the air in Hollywood. I tried to leave it but I never could"

terça-feira, maio 27



Meu desktop

sexta-feira, maio 23


Eu poderia dizer que "A última noite", do Spike Lee (estreiando hoje), ficou apagado por causa dos holofotes que só iluminaram a chegada de Matrix nos cinemas. Mas não seria honesto. Se o filme chegou no cinemão, já é um milagre. E não é culpa do Matrix Reloaded. O diretor de "Faça a coisa certa", hoje em dia, é "cinema de arte" no Brasil. Assim foi classificado e normalmente é exibido em salas pequenas da Barra ou em muquifos empoeirados da zona sul do Rio. Alguns até vão direto para a locadora e nem passam pelo cinema. A impressão que dá é que os distribuidores acham que uma história bem contada não vai ser apreciada pelo grande público (e acho que eles têm razão). O mesmo acontece com os filmes do Woody Allen. E nem interessa se é estrelado por Edward Norton ou Julia Roberts. Uma pena.


Teve Divas 2003 ontem. Não importa se a festa é cafona ou não, quem participou ou quem cantou o quê. O que importa é que a Mary J. Blige estava lá. E cantou com o Stevie Wonder. E usou uma saia com a bandeira brasileira. Que maravilha!

quinta-feira, maio 22


Ah, o inter:urbanos voltou.

quarta-feira, maio 21


Dionne Warwick, Burt Bacharach e outras cafonices (com todo respeito)

Culpem a Bjork. Eu tô ouvindo Dionne Warwick por causa dela. Durante um show com o Brodsky Quartet, a esquimó resolveu cantar "Anyone who had a heart", da tia da Whitney, e ficou muito bom. E também muito engraçado com todos aqueles "erres" da Bjork. Procurei no Kazaa a versão cantada pela Dionne Warwick e me empolguei. Cliquei em "Walk on by", "I´ll never fall in love again", "What the world needs now is love" e mais um monte. A mulher é a musa das composições do Burt Bacharach. Canta todas. Cafonice de primeira. Romantismo americano do tipo "be sure to wear some flowers in your hair". Supimpa. "Daqui, ó!", diria o seu pai segurando a ponta da orelha.


"Burt, você curte Norah Jones?"


Falando em Dionne Warlock (o demônio), lembra quando ela morou aqui no Rio? Dizem que a mulher era a maior manguaça. Tomava caipirinha pra caralho, ficava de pileque e cantava os garçons. Ok, fofoca idiota. Mas é o que todo mundo diz. Durante a estadia na cidade, lembro dela pagando altos micos. Cantou "I say a little prayer" no programa da Xuxa e fez duetos com José Augusto e Jane Duboc. É engraçado quando esses gringos vêm aqui. Lembra da Mariah Carey que teve que visitar a casa da Xuxa? E na segunda vinda ao país, que teve que escutar a Sandy cantar uma de suas músicas? Triste. Mas nesse dia quem pagou mico não foi só a gringa. No final da apresentação, a irmã do Júnior ganhou um tapinha de leve na cabeça e ouviu um "good girl" da Mariah. Merecido.

Mas o melhor mesmo foi a vinda da Toni Braxton (quem?). Com medo da violência da cidade e do assédio dos fãs, reforçou a segurança com 15 homens que a rodeavam pelo Rio de Janeiro. Inútil. Se tinha duas pessoas querendo alcançar a cantora de "Unbreak my heart" era muito. Bem fez a Madonna que não pôs o pé pra fora do hotel. Já a Miss Kittin foi tão babada que saiu daqui assustada.

Eu tava falando de Dionne Warwick, lembra? Esquece tudo. Não baixa isso não. Depois seus pais vão querer que você toque isso toda hora. Pô, isso gruda: Anyone who had a heart...

segunda-feira, maio 19


Pra quem tá chegando agora do Jornal O Dia e é preguiçoso pra procurar, a polêmica da Tati Quebra Barraco, Rodrigo Santoro e o fogão da marca Dako está lá embaixo, no dia 05 de Maio. Se veio por causa da música, aqui tem o download. Aliás, qual é a marca do fogão de vocês?

domingo, maio 18


bjork >> videos

Foi como descobrir uma nota perdida de 50 reais no bolso...

sexta-feira, maio 16


Vamos combinar de ver a peça da brazileira preta?

Tá passando aqui embaixo, no Sesc Copacabana. A peça, dirigida pelo Antonio Abujamra, é sobre o "Máquina de Pinball", livro escrito pela Clarah Averbuck. Eu não li o livro e tava curioso pra ver. E o teatrinho de arena do Sesc é legal. Se a peça estiver chata, dá pra você ficar reparando nos outros. Se eles tão gostando, rindo, dormindo...Da última vez que eu fui, a Barbara Heliodora tava sentada de frente pra mim e fazendo altos bicos de nojo. Só não taquei meu celular nela porque ia atrapalhar a peça.

MÁQUINA DE PINBALL Espaço Sesc: Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana 2547-0156. Qui a sáb, às 21h. Dom, às 20h. R$ 10. Se você for bem alternativo, a entrada é de graça. Quem tem tatuagem, ganha meia-entrada só.

A Bjork vai estar ensaiando hoje para a próxima turnê e a gente vai poder ver tudo no bjorktv. O site já tá fazendo contagem regressiva para a transmissão. Começa às 2 horas da tarde. Cuidado pra não perder. Tem que ter quicktime, tá? Entra lá.

quarta-feira, maio 14


Muita calma nessa hora

Eu não sei de quando é isso, mas é uma jóia. E rara. Imagine o seu cantor predileto. Agora imagine um cover dele. Não é deprimente? Ok, você perdoa quando o cara é um desconhecido e tá fazendo a grana dele com isso. Mas, peraí. É a Celine Dion! Vestida a caráter, a cantora-cafona-canadense fez covers do Michael Jackson e da Madonna. Maravilha! Com direito à peruca loira bombril da época de True Blue e trejeitos de Michael Jackson na época de Bad. Não adianta eu ficar aqui falando. Faça o download e veja com os próprios olhos. Show de calouros é besteira perto dessa apresentação sem-noção:

Botão direito - Salvar destino como:
Celine Dion - Papa don´t preach
Celine Dion - Bad


O corpo e a mente

Impossível achar os dois numa mesma pessoa. Seria ótimo se eles andassem juntos. Mas são opostos. E às vezes brigam entre si. Um corpo normalmente debocha de uma cabeça. E vice-versa. Mas como a grande atração está no oposto, normalmente eles namoram. Um é centrado, inteligente, tem senso de humor, sabedoria. O outro tem o corpo escultural que pula tudo isso e agrada os olhos de imediato. Ambos são fascinantes. Ambos são encantadores. Portanto, pare de preconceito. E daí que você não sabe das coisas? Olha que beleza que você é... E daí que você tem barriga? E daí? É só malhar. Malhar até morrer, idiota! Não tem vergonha na cara não? Que nojo!

terça-feira, maio 13


É tango sem nostalgia, sem cafonice. É tango com batidas eletrônicas ao fundo. Muito bass, violão e violino. Gotan Project é uma banda franco-argentina que faz música dance de qualidade, traz ambientes nebulosos e vocais femininos maravilhosos como na música "Vuelvo al sur" e "Una musica brutal". É romântico, é melancólico. O caminho é interessante. É bom de ouvir. O disco de chama "La Revancha del Tango".

* Les Nubians é como se Erykah Badu fosse para a França. É uma banda que eu ando escutando bastante também. Costumava ver no MCM, um canal francês de música que tinha (ou tem) na directv, e eles tocavam muito essas duas irmãs. Legalzinho. "Temperature Rising" é a faixa.

* A Cinelândia é a minha segunda casa. Como é bonito por lá. Que prédios, que obras... Pena que eu tenho faculdade de noite, senão ficava por lá e ia no Cine Odeon, ou tomava um chopp no amarelinho, pegava uns travestis...(ok, ainda bem que tenho aula).

domingo, maio 11



Olhem o que o Manny catou. Saiu na Folha.

quarta-feira, maio 7


Tava no Blowg da Marina e li que de acordo com uma pesquisa feita em 23 cidades do mundo, o Rio de Janeiro é o primeiro lugar em cordialidade. "Os três últimos lugares na pesquisa ficaram para Kuala Lumpur, Nova York e Cingapura". O povo realmente gosta de ajudar e se preocupa com o próximo. Tenho que concordar. Sério. Hoje tive vários exemplos disso enquanto andava pela cidade. Um carteiro carregava caixas empilhadas que eram empurradas por um carrinho de mão que, de repente, tomba. Cartas voaram pela rua do Ouvidor. Todos que estavam em volta, na mesma hora, começaram a ajudar a recolher. Fiquei impressionado. Eu saí pisando em todas. O chão tava sujo e ainda molhado de chuva. Sei lá...não gosto de pesquisas.

Adeus de cu é rola

Tô cagando pra Fernandas Youngs.
Ninguém está morrendo. Pra que se despedir? Ok, eu não vou ter mais o contato diário e vou sentir falta do cheiro (isso ficou chato). Não, não é um namoro que eu estou terminando. Mas é como se fosse. Só que um namoro que acaba bem. E você tem aquela estranha sensação de estar fazendo a coisa errada justamente por isso. Olhar pra trás e ver que tudo foi bom é uma sensação que eu precisava ter. E vai ser difícil esquecer. Vou guardar bons amigos e boas lembranças. Quem lê o blog desde o começo vai se lembrar de histórias, por exemplo, da gorda estagiária. Todas vindas de lá, do Radix. Aliás, esse blog começou junto com o meu emprego. Encarregado de fazer uma categoria sobre blogs foi que conheci o que era um e inaugurei o Philipinas. Vou ficar com saudades (sim, eu sinto isso, tá?), mas não digo adeus. Só tô mudando de praia. Não, é só um cisco no meu olho.

segunda-feira, maio 5


O gosto do Brasil?

"Entrei numa loja
Estava em liqüidação
Queima de estoque
Fogão na promoção
Escolhi da marca Dako
Porque Dako é bom
Dako é bom
Dako é bom
Calma minha gente
É só marca do fogão..."





Esse funk é febre aqui no Rio. Acho que é da Tati Quebra Barraco. Quando vi a propaganda com o Rodrigo Santoro, não acreditei. Ri muito. Será que ele sabe da existência dessa música? Será que ele também escolheu a marca Dako porque Dako é bom?


* Quem não conhece a "música", pode fazer o download aqui.

A felicidade da derrota

Você tem um amigo que anda infeliz e a situação dele é realmente complicada. Ele está sem dinheiro. Está mudando com a família para um lugar pior e menor. Ou então levou um chifre, ou está sendo chifrado. Ou então perdeu o emprego que ele tanto amava e está cheio de dívidas. E você, no fundo, se sente melhor por isso. A derrota dele te faz vitorioso. Admite. Admite que você já teve essa sensação...É o que eu chamo de vitória da inércia. Sim, você não fez nada. Continua no mesmo lugar. O seu amigo, por ter caído tanto, foi o que te fez ficar muito lá em cima.

Eu vi isso de perto. Vi nos olhos de alguém essa felicidade. Eu chamo de maldade disfarçada. Não sou nenhum santo, mas alguém que quer levar vantagem em tudo e não se preocupa em como vai ficar o próximo é nojento. Não sou Madre Teresa e nem sempre procuro fazer o melhor com os meus amigos, mas ajudar é cafona? Tá fora de moda? Inspirado pelo que escrevo agora, respondo um icq que acaba de chegar:

Leo (03:30 PM) :
odeio qd a rede cai aqui
Phelipe (03:32 PM) :
eu adoro...me sinto melhor quando vc perde
Leo (03:33 PM) :
eu sei. eh tipico dos losers

Ok, pelo menos não estou sozinho.

domingo, maio 4


Madonna, começo dos 90, disco Erotica:


   
   


Dente de ouro, peito de fora em desfile, clipe de Rain, turnê no Brasil, Ingrid Casares, Dennis Rodman, Livro Sex e entrevista supimpa no David Letterman.